Indústria | União das Freguesias de Marrazes e Barosa

Saltar para conteúdo
18, Agosto 2018
foto 4
foto 2
foto 3
Foto 1
foto 5
foto 6
foto7
foto 8
newsletter
  • Twitter
  • Facebook
  • Youtube

Indústria

 

Entre 1897 e 1898, José Gonçalves da Conceição, nascido e falecido na freguesia de Marrazes, deu início à primeira Fábrica de Telha e Tijolo de Marrazes, que se manteve em laboração durante vários anos, e que após sucessivas alterações de sociedades mudou de nome para a atual Cerâmica do Lis, Lda.
Na edição de14 de Abril de 1915 do jornal "Mensageiro", noticia-se a inauguração “na charneca dos Marrazes” de “uma nova fabrica a vapor de tijolo e telha, sistema marselha, da já acreditada firma comercial Hasse, Oliveira e C.ª”. Segue-se depois a entrada de novos sócios na Companhia e a alteração do seu nome, até que em 1930 nasce a sociedade Cerâmica do Liz, constituída pelos sócios Manuel Simões Maia, Joaquim Gomes da Cunha e Maria Augusta Rodrigues, para continuar a exploração de barros e o fabrico de materiais de construção e outros. 
A nova firma ainda regista as minas de Caulino nos Marrazes, e no Porto Correio (?), Marrazes, em 1937, tendo, entretanto, transferidas as suas instalações fabris para o Arrabalde da Ponte (1938).